Aos pés da cama

Imagine-se com a idade que tem sentado à borda da sua cama.
Deitada está uma criança ávida das suas palavras.
Ela sabe que você lhe pode contar a história mais maravilhosa do mundo,
com aquelas imagens vivas,
uma tonalidade doce,
e pode mesmo acariciar-lhe os cabelos…
Deitada está uma criança ávida das suas palavras.
Você conhece aquela criança
como conhece os dedos das suas mãos.
Você sabe do que aquela criança precisa, o que ela quer ouvir
para se tornar matura, crescer feliz, realizar o êxito dela…
Conte-lhe, você sabe, conte com todo o afecto a essa criança
aquelas palavras que ela precisa ouvir
e merece,
Conte àquela criança quem ela verdadeiramente é
sem medos, sem vergonha.
Ela é você.
Conte-lhe e deixe-a crescer e já crescida, com a sua idade,
Duas almas numa só, porque é uma só pessoa,
Saiam do quarto, numa só, para realizar o propósito da vida

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *