Poemas

26
Nov
2013

Uma nova vida veio ao mundo!

Tome-se um ser feito da mesma massa que nós Enviemo-lo necessariamente para a escola Ensinemo-lo que o fim da vida é esquecer-se de si Para realizar o que vai na imaginação dos outros Deixe-o esforçar-se anos e anos até descobrir Que toda a sua azáfama e sucesso é o ruído que calou A solidão que […]

Por José Figueira | Poemas
LER MAIS
27
Ago
2013

Perder-se ou achar-se

Ser ator 1. Podemos viver movidos pela crença de que gerimos a nossa vida, 2. e que é absolutamente necessário controlar as variáveis que se nos deparam pelo caminho. 3. Podemos viver ansiosos pelo que o dia de amanhã nos traz 4. ou flagelados pelas frustrações do passado. 5. Podemos lutar por atingir cada vez […]

Por José Figueira | Poemas
LER MAIS
02
Jun
2013

Devaneios à volta do conceito “Tempo”

Apressar-se é, na maioria das vezes, desperdiçar o tempo que se tem”, assim como, muitas vezes, o melhor que se pode planear é planear que se não planeia. Só podemos dar a nós mesmos um único presente: saborear o momento que se vive. Façamos o que façamos só encontramos uma pessoa no nosso caminho, somos […]

Por José Figueira | Mindfulness . Poemas
LER MAIS
09
Abr
2013

Ensaio sobre o “desejo”

Não sei onde li, não sei onde ouvi, sei o que senti É a história de uma menina, menina apenas, Levando consigo o arsenal imenso Da sabedoria inocente: A menina pergunta ao sábio: – Como se chama o desejo? Que nome tem? Depois de uma longa viagem de busca intensa, O sábio respondeu-lhe: – O […]

Por José Figueira | Poemas
LER MAIS
08
Abr
2013

Poema de Bertolt Brecht

O Vosso tanque General, é um carro forte Derruba uma floresta esmaga cem Homens, Mas tem um defeito – Precisa de um motorista O vosso bombardeiro, general É poderoso: Voa mais depressa que a tempestade E transporta mais carga que um elefante Mas tem um defeito – Precisa de um piloto. O homem, meu general, […]

Por José Figueira | Metáforas . Poemas
LER MAIS
18
Mar
2013

Perguntas de um operário letrado

Poema de Bertold Brecht Quem construiu Tebas, a das sete portas? Nos livros vem o nome dos reis, Mas foram os reis que transportaram as pedras? Babilónia, tantas vezes destruida, Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas Da Lima Dourada moravam seus obreiros? No dia em que ficou pronta a Muralha da China para […]

Por José Figueira | Poemas
LER MAIS

PNL – PORTUGAL

16 anos a divulgar a Programação NeuroLinguística em Portugal acompanhando os progressos da PNL no mundo. Integridade, resultados, qualidade, atenção pessoal. “A caminho do cerne, a partir do cerne” é o nosso lema, ao serviço do desenvolvimento das infinitas possibilidades do inconsciente para uma realização pessoal significativa contribuindo para um mundo melhor.

CONTACTOS

Pins Recentes