Entre TER e SER

Um pequeno teste:

Onde me encontro verdadeiramente no meu trajeto de vida? Não propriamente onde quereria estar ou onde quero chegar, mas onde me encontro num trajeto que pode num extremo ser caraterizado por “Ter” e no outro extremo por “Ser”?
Os exemplos seguintes são apenas algumas expressões linguísticas com caraterísticas que pendem para um dos dois polos: Ter ou Ser. Pode, se quiser, preencher o que acha que mais se adapta a si neste momento tendo em mente a sua vida em geral ou um contexto em particular. Some depois os A`s e os B`s e tire as suas próprias conclusões.

O   A) Para mim é sobretudo importante fazer coisas para possuir
O   B) Viver a vida pela vida e espalhar dádivas carateriza-me mais

O   A) O razão de como me sinto é o resultado do que acontece fora de mim
O   B) Sou eu que crio os meus próprios sentimentos e estados emocionais

O   A) Saber pensar é o mais importante na vida
O   B) Para mim sentir é o mais essencial

O   A) Não tenho grande consciência do que sinto
O   B) Vivencio-me e às minhas sensações de forma consciente

O   A) Eu já sei isso
O   B)  Quero aprender

O   A) Sinto que não há harmonia em mim entre pensar, sentir e agir
O   B) O meu pensamento, sensação e ação estão em harmonia

O   A) No fundo de mim sinto uma certa ansiedade mais ou menos constante
O   B) Há amor e paz dentro de mim.

O   A) Preocupa-me o futuro
O   B) O importante é o presente

O   A) Vivo com a sensação que há pouco, que falta qualquer coisa
O   B) Sinto em mim e ao redor de mim “abundância”

O   A) “Dever” e “ter que”, é o que me move na vida
O   B) Eu, a vida, o mundo, está tudo pleno de possibilidades

O   A) A minha mente maquina muito sobre o que aconteceu
O   B) Saboreio constantemente o que acontece

O   A) Tudo exige muito esforço
O   B) As coisas fluem

O   A) Importante na vida é o que se atinge
O   B) Importante na vida é o que se vive plenamente

O   A) Sem controlo não chego a parte nenhuma
O   B) Entrego-me com confiança às pessoas e às coisas

O   A) Estrutura e organização é a base da segurança
O   B) A serena confiança em mim é que me guia

Os A`s pendem mais, neste modelo, para uma vivência da vida caraterizada por TER, fazer, conseguir, esforçar-se, lutar, controlar… passado e futuro.
Os B`s refletem talvez uma vivência interior mais serena caraterizada por SER, fluir, entrega, acontecer, saborear o momento… aqui e agora.
Claro que isto não passa de um modelo. Faça o que for relevante para si.

6 comentários

  • ERA um “A” quase 100%, de acordo com este questionário. Hoje, a meio do Practitioner ainda tenho “A”s e sinto muitas transformações em mim para “B”. O mais importante nisto tudo…. é que me sinto feliz com isso. Obrigado.

    Nelson Responder
  • So 3 A…parece que tenho o meu caminho bem definido…eheheh

    Dora Responder
  • As tuas partilhas são extremamente bem vindas e inspiradoras, José.
    Um abraço cheio de Amizade e Carinho.
    Quando puder, continuo.

    Isabel Responder
  • André Simoes: primeiro ser para depois ter… nunca te esqueças

    José Figueira Responder
  • 10 A’s e 5 B’s
    Está tudo dito e está percebido o trabalho interior que terei pela frente. 3 enos e muito pouca evolução, mas é apenas um resultado, claro. Sempre em frente.

    Mario Ride Responder
  • Helena escreveu: “Verdadeiramente o importante da vida é SER , mas não podemos viver sem Ter . Ter não tem mal se for com conta peso e medida e não constituir o objectivo primeiro e ultimo das nossas vidas .”

    José Figueira Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *