Jorge Bucay

“É preciso esvaziarmo-nos para nos podermos encher de novo, como diz Krishnamurti. Uma taça é útil apenas quando se encontra vazia. Não faz qualquer sentido uma taça cheia porque assim nada lhe podemos acrescentar. É preciso aprender a esvaziar-se para poder dar.

Esta é a nossa vida. Teremos de aprender a desfazer-nos do conteúdo da taça para poder enchê-la de novo. A nossa vida torna-se mais rica de cada vez que enchemos a taça, mas também quando a esvaziamos, porque, quando o fazemos, estamos a abrir a possibilidade de a encher de novo…”

Jorge Bucay

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *