NLPLAY- jogos neurológicos com crianças

Mas mais uma vez trouxemos a Portugal, a 26 e 27 de maio, uma figura simples, sem pretensões, honesta, com uma expertise de 20 anos com PNL na Europa e trabalho com crianças, pais, educadores de infância, professores e especialistas de trabalho com crianças consideradas difíceis…

Palavras não definem a alta qualidade do evento. Foi inspirador e os bons conhecedores de PNL e da sua história, puderam reconhecer facilmente a experiência de Henriette Mol e os seus conhecimentos do manancial de práticas desenvolvidas no mundo a partir dos fundamentos de Bandler e Grinder.

Brincadeiras, jogos altamente organizados, metáforas, truques de magia, jogos de cartas e muito mais, tudo isso foi empregue e foram aprendidas as estruturas para o seu emprego como diagnóstico e desenvolvimento de competências.

Muitas das ferramentas e muitos dos conceitos básicos a que estamos habituados (posições percetivas, intenção positiva, âncoras, trabalho de partes, etc,) foram utilizados aqui em aplicações espantosamente simples e que podem fazer a grande diferença na sala de aula, no recreio ou nas relações em casa.

Que fonte inesgotável de experiências levamos daqui em apenas dois dias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *