O mendigo

Um pobrezinho estava há anos e anos sentado num caixote velho pedindo esmola a quem passava.
A um estranho ele automáticamente estende a mão apelando à caridade.

O estranho resolutamente acena negativamente e pergunta-lhe:
– Ouça lá, você já viu onde está sentado?

– Já sim, um caixote velho – respondeu o mendigo espantado com tal pergunta.

– E você já alguma vez se deu ao trabalho de abrir o caixote para ver o que lá está dentro?

Ainda mais espantado o mendigo respondeu:
– Para que é que eu havia de abrir um caixote feio, perdido, velho e sujo?

O estranho encolheu os ombros e seguiu caminho.

O mendigo não deu mais importância ao caso, mas um dia, de repente teve uma inspiração e abriu o caixote.

O caixote estava cheio de moedas de oiro.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *