PNL e dança

Crie espaço na sua sala.
Ponha a tocar um CD altamente ritmico.
Feche os olhos.
Dance.
Dance.
Dance.
Pergunte-se:
Para onde é que a dança me leva?
Qual é a melhor coisa que a dança me pode dar?
E dance.
Dance.
Há duas maneiras:
Criar a sua dança
Ou deixar que a dança o dance.
O objectivo estará conseguido
Quando a dança é o dançarino
E o dançarino é a dança.
Então chegou.
Dance.
Não páre mais.
E a dança será ainda mais dança
Quantos levar consigo a dançar.

(O segredo da PNL, como de tantas outras coisas,
é não olhar para a dança como se fosse um poema:
O segredo é este:
– é mesmo dançar.)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *