PNL e funcionalidade

Talvez um dos momentos mais bonitos da história da psicologia foi quando se acabou de discutir sobre a existência ou não de fantasmas. Não interessa se fantasmas são verdade ou não.

O significado das coisas não é a Verdade pela simples razão que não existe Verdade.
O significado passou a ser, há já mais de 100 anos, a funcionalidade – o pragmatismo.

Claro que em ciências humanas os paradigmas são diferentes que em ciências exactas. Em ciências humanas os paradigmas não morrem. As pessoas continuam agarrados a eles – alguns continuam mesmo a afirmar que os fantasmas existem. Outros que os fantasmas não existem.

Em PNL isso não é importante. O importante é, existam ou não (verdade ou fantasia não faz a mínima diferença) COMO é que os fantasmas existem (existam eles ou não)?

A PNL é o estudo da experiência subjectiva e o que se pode fazer com ela. Não é a procura da Verdade nem tem nada a ver com discussões sobre a Verdade. PNL é funcionalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *