Que somos?

Uma observação interessante que li num livro belga sobre PNL, de Paul Liekens, sobre o jogo entre o consciente e o inconsciente:

 

A derradeira convicção, a conviccção mais vinculada que existe, é a de que somos seres humanos. No momento em que conseguirmos transformar esta convicção limitadora entramos num mundo de experiência totalmente diferente. Tornamo-nos criadores com possibilidades ilimitadas, tornamo-nos finalmente aquilo que sempre fomos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *