O paradigma da nova liderança

Um dos mais importantes conjuntos de habilidades necessárias num mundo em transformação são as habilidades de liderança. Isso se tornou cada vez mais evidente quando tentamos nos adaptar às mudanças, cada vez maiores, que ocorreram na nossa sociedade e nos locais de trabalho durante o século passado. Quando tentamos assumir o comando do nosso próprio destino, ou guiar o destino das nossas famílias, comunidades, organizações e o nosso planeta, se torna cada vez mais óbvia a necessidade da capacidade da verdadeira liderança. A verdadeira liderança é um dos elementos chaves para o nosso sucesso e sobrevivência no futuro.

Mas o que é liderança e quem a tem? Podemos desenvolver a capacidade de liderança, ou ela é algo que nasce com a pessoa? Alguns dizem que a liderança tem que ser aprendida e merecida. Outros dizem que a liderança é um dom natural e que não pode ser ensinada.

Grande parte da literatura sobre liderança concentra-se nas “características” dos verdadeiros líderes. Na maioria das vezes, contudo, essas características são muito gerais para terem valor prático para quem está tentando se tornar um líder melhor. Por exemplo, dizer que os verdadeiros líderes são “dotados de otimismo” ou são “honestos” e “inspiradores” proporciona uma base prática pequena para o desenvolvimento ou para o aperfeiçoamento de habilidades específicas. Esses são julgamentos sobre o nosso comportamento tipicamente feito pelos outros.

Freqüentemente, as descrições da verdadeira liderança enfatizam o que tem sido eficaz num determinado negócio, cultura ou ambiente. Entretanto, as ações, o estilo ou as características que tornam alguém um “genuíno” líder num contexto, podem ser ineficientes ou devastadoras em outro.

Alguns estudos sobre liderança se concentram nos resultados da verdadeira liderança; indicam que os bons líderes “criam visão”, “mobilizam o comprometimento”, “reconhecem as necessidades”, etc. Entretanto, simplesmente conhecer essas metas não é suficiente. O ponto chave para realmente alcançar essas metas, inclui ter habilidades mentais e comportamentais necessárias para colocá-las em prática.

Com as ferramentas da PNL é possível definir e explorar alguns modelos específicos, princípios e habilidades que irão lhe permitir ser um líder mais bem-sucedido, isto é, o “como fazer” da verdadeira liderança.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *