Sentir-se “bem” ou “mal” é uma escolha

Para falar com toda a honestidade:
SÓ SE SENTE MAL QUEM QUER!
(quer dizer, quem julga que ganha algo com isso…)

? Tem uma sensação desconfortável, um dia em que não se sente bem na sua pele,
um pequeno mal estar, uma dor de cabeça, um medo, ansiedade, irritação…até mesmo uma fobia… ?

Tentamos muitas vezes livrarmo-nos disso através do remoer mental…

Quanto mais resistimos ao mal-estar, pior é!

O que pode fazer é, se quiser, aliviar, e até mesmo transformar essa sensação com uma técnica de PNL muito simples e divertida:

1. Concentre-se na sensação
2. Identifique onde a sente no corpo
3. Investigue o movimento sensorial no seu corpo
4. Imagine visualmente a sensação desagradável na sua frente, a uns centímetros de si
5. Faça a sensação girar no sentido contrário ao movimento original
6. Recoloque a sensação no seu corpo com o novo movimento
7. Faça-a girar no seu corpo com o novo movimento e note a sensação desagradável a desaparecer ou, possivelmente, descobriu que já desapareceu
8. Pense e reviva uma situação (VACOG – visual, auditiva, cinestésica, olfativa, gustativa) em que já sentiu a sensação positiva contrária e intensifique a sensação
9. Associe a nova sensação ao movimento no seu corpo, torne esse momento mais rápido ao mesmo tempo que imagina a sensação a crescer, cada vez de forma mais rápida
10. Teste a sensação e note o que se modificou. Possivelmente que a sensação antiga desapareceu totalmente

(e se a sensação desagradável não desapareceu, investigue as suas convicções em relação a este exercício ou as vantagens emocionais positivas que a sensação desagradável lhe estar a oferecer na vida! É que as pessoas gostam de sofrer! Geralmente têm, entre diversos benefícios, a atenção dos outros e a calma que lhes dá a irresponsabilização, colocar a responsabilidade do seu sofrimento nos outros

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *