“Significado”, o mais importante nas nossas vidas

Se há algo que falta à PNL é um método que nos facilite a descoberta dos “verdadeiros” e significativos objetivos da nossa vida.

Em PNL, como em coaching, começa-se em geral por encontrar o caminho ideal para realizar os nossos objetivos. Claro que já se descobriu há muito que a maioria das pessoas não sabem bem o que querem ou se iludem a si mesmas. Foi assim que têm sido introduzidas técnicas soft como a “roda da vida” e semelhantes.

Sejamos honestos e façamos esta pergunta a nós próprios:
– Quais são os maiores e mais significativos objetivos da minha vida?

Se queremos evitar superficialidades, confessemos que não é fácil defini-los devido aos condicionamentos sociais. É que eu não existo sem essas influências. Entre macacos eu serei um macaco. E na sociedade do mercado livre todos os valores foram reduzidos, como pano de fundo, ao VALOR “dinheiro” em todas as suas variantes, como fator determinante para a realização do conceito de autonomia, liberdade, individualidade. Podemos inventar toda uma gama de idealismos, mas ninguém escapa ao dinheiro como símbolo de independência. E para o adquirir há que vender o corpo e a alma, quer dizer, perder a independência para realizar o significado que outros pretendem realizar para outros… no fundo, para realizar significados publicitários: levar ao consumidor os produtos do mercado, os quais são generados pelo próprio dinheiro e, na maioria das vezes, com o único e último fim de adquirir mais dinheiro.

PNL, ou uma aplicação em termos de coaching, depara-se inevitavelmente com este dilema:
– Qual é o verdadeiro significado da minha vida sem a relatividade dos valores adquiridos de uma sociedade que é fruto de valores que levaram à sociedade capitalista atual, com todos os seus valores deduzidos a partir do dinheiro como norma básica.
É que eu Sou afinal o seu resultado.

Parece-me inevitável esta incongruência essencial. Talvez seja por isso que, embora falemos de direcionamento a soluções e realização de objetivos significativos, a PNL é chamada a trabalhar no sentido de encontrar soluções individuais de sobrevivência, as mais pacíficas possíveis. Isso é mais prioritário que a busca e realização de utopias idealistas sem a única possibilidade de realização na sociedade atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *