Sim, eu quero!

Se hoje um estranho se cruzasse consigo e lhe dissesse
que o mundo é muito diferente do que até agora você tem pensado que ele fosse…
Ousaria então sentir, provar, cheirar?
Ousaria ver com novos olhos?
Experimentar com o coração?
Abrir-se para uma nova experiência?
Viver a vida com o sentido que a vida tem para ser vivida?
Ousaria eu ser também um estranho num mundo novo?
Sim, eu quero!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *