Sobre o significado da matéria escolar

Qual é a importância do que é obrigatório aprender, num determinado contexto escolar e num determinado momento da vida da criança, do aluno, do estudante? Qual é o significado da matéria, não para o conselho de especialistas num ministério, mas para as pessoas de carne e osso na sala de aula?

Será que vêm, sentem, se apercebem da importância específica de um assunto? Como lhes soa o significado?

Em termos de PNL, o valor do que se vai aprender é de crucial importância. As pessoas só aprendem o que tem significado para elas. Este significado é igual à emoção sentida com o assunto. A sensação, o estado, a emoção, são factores essenciais que tornam possível a aprendizagem.

Diz-se, em neurociência, que as pessoas aprendem mais se o que se aprende for neurologicamente associado a sexo, qualquer situação excitante ou a qualquer outra experiência de ordem emocional. A emoção está na base da vida, da sensação, do pensamento, da acção. Sem emoção nada tem sentido. A emoção direcciona o interesse da criança, do aluno, do estudante, de qualquer adulto.

E qual é a importância dada então na escola à emoção, a não ser, muitas vezes, negá-la? A emoção não se deixa recalcar. Irá manifestar-se sempre e, muitas vezes, de forma não funcional para o ensino.

Não há aprendizagem sem um estado emocional adequado.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *