Sub modalidades

1. Considere uma situação desconfortável, ou algo que queira melhorar

2. Volte-se ainda mais para dentro de si e controle a ecologia da possível transformação. Se sente O.K. siga. (Se não sentir que é o momento da transformação, então confesso que não me parece que este seja o exercício ideal para si neste momento, há que empregar “artilharia” mais pesada)

3. Investigue as sub modalidades da recordação (da imagem, dos possíveis sons, das sensações no corpo)

4. Transforme as sub modalidades (tamanho, a distância, cor/preto e branco, movimento/parado, volume do som, tempo, direcção, sensação quente/fria, pesada/leve, local no corpo, etc.) até encontrar a emoção que lhe agrada

5. Repita o processo se necessário

6. Num quadro branco coloque a imagem desejada. Apague-a e recoloque-a diversas vezes

7. Veja-se, ouça e sinta-se no futuro em diversos contextos vivenciando de forma confortável a situação

8. Se ainda não está totalmente em ordem volte a 4, à transformação das sub modalidades, até encontrar a melhor possibilidade para si neste momento e continue com o exercício até estar satisfeito.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *