Tipo de Problema e a Intervenção de PNL adequada

Muitas pessoas, sobretudo no curso de iniciação “Practitioner em PNL”, gostariam de ter informação mais segura sobre em que momento utilizar uma ferramenta para cada tipo de problema específico.
A PNL é chamade de Ciência e Arte. A “Ciência” corresponde na verdade ao realismo, certeza, lógica, comércio e a todas essas coisas vulgares que há por aí que prometem garantir sucesso, êxito, excelência… A “Arte” está para a intuição, utopia, significado, flexibilidade, diferença, incerteza…

O meu amigo Miguel Ferreira publicou no seu blogue uma lista, da sua autoria, sobre que técnica utilizar para que espécie de problema. Claro que ele está consciente do que eu disse atrás, mas pode ajudar os que se iniciam neste mundo da PNL.

Crenças irracionais e limitadoras, conflito de valores (entre relações): Pressuposições da PNL

Relacionamentos difíceis: Desenvolvimento de segunda posição; alinhamento de posições perceptivas; meta-espelho; posições perceptivas, contrastando TOTS

Dificuldade em Tomar Decisões: Resultado ou objectivos

Falta de Motivação, depressão: Trabalho de mudança de submodalidades, objectivos bem formulados, alinhamento de níveis neurológicos, estratégia de motivação

Falta de Habilidades Sociais: Rapport, ancoragem e submodalidades.

Medos: Trabalho de estratégia, dissociação V/C, trabalho de mudança de submodalidades, ancoragem de recursos

Fobias: Processo de cura de fobia

Trauma: Processo de cura de fobia

Criatividade e solução de problemas cognitivos: Estratégia Disney, uso de pressuposições

Pessoa com tendência a comparações limitadoras: Ressignificação de contexto, meta-modelo – comparações

Planeamento de vida e alcançar objectivos: Objectivos ou resultados de longo prazo, alinhamento de níveis neurológicos

Crenças limitadoras: Processo PCM, afirmações

Hábitos ou compulsões, auto-sabotagem: Ressignificação em seis passos, integração de partes, operadores modais do Metamodelo

Medo de palco, falta de confiança (ansiedade): Alinhamento de níveis neurológicos, associação e dissociação, ponte ao futuro, mudança de estados, ancoragem de recursos

Reacções indesejadas a eventos: Ressignificação de conteúdo, transe diário

Hábitos indesejáveis (Fumar, beber, comer, roer as ulhas, etc): Swish, ressignificação em seis passos, gerador de novos comportamentos

Sensação vaga, dificuldade em determinar o problema específico, confusão Mental, indiferença emocional: Metáforas, mudança de estados

Falta de assertividade: Desenvolvimento da primeira posição, centrar-se

Decisão limitadora passada, culpa, arrependimentos, lutos, relações mal resolvidas: Trabalho com a Terapia da Linha do Tempo, processo de cura de fobias, mudança da história pessoal

Dificuldade na organização e gestão do tempo: Através da Linha do Tempo

Forte estado negativo (estados depressivos): Quebra de estado, interrupção de padrão, encadeamento de âncoras

Estado habitual sem recursos, depressão: Ancoragem de recursos, empilhamento de âncoras, colapso de âncoras, encadeamento de âncoras, análise de contraste de submodalidades, perguntas, mudança de estados

Situação emperrada, obsessões e compulsões: Padrão de alavancagem. integração de movimentos oculares, encadeamento de âncoras, desafios do Metamodelo, metáfora isométrica, colapso de âncoras

Fracasso percebido, não alcançar resultados: Exercícios de TOTS

Dificuldade em relaxar, ansiedade generalizada, stresse: Inventário, transe

Objectivos ou demandas conflictuantes: Integração de partes

Não obtenção de resultados, falta de completamento, fracassos na vida profissional, relacional ou escolar: Ponte para o futuro, ensaio mental

Aprendizagem a partir da experiência, padrões repetitivos de problemas psicológicos; relacionais. e problema recorrente com causa no passado: Aprendizagem a partir da experiência, mudança da história pessoal

Não-envolvimento, dificuldades de entrega na relação: Associação

Excesso de envolvimento, co-dependência, ciúmes: Dissociação

Contusões ou dores crónicas, problemas psicosomáticos: Transe

Negociação e mediação: Habilidades de negociação

Incongruências, falta de aceitação de si mesmo, baixa auto-estima, baixa auto-confiança: Alinhamento de níveis neurológicos, integração de partes, verificação de congruência

Desfrutar da experiência: Na Linha do Tempo, associação

Planear o futuro: Intensificação de submodalidades críticas, empilhamento de âncoras, ancoragem de recursos, mudança de estados, transe

Desenvolvimento da Criatividade: Transe

Relaxamento, agitação, nervosismo: Transe

Da responsabilidade de Miguel Ferreira, Psicopedagogo, Practitioner, Master e Trainer em Programação Neurolínguistica(PNL)

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *