Yes

“… As ferramentas mais simples são as mais baratas!

Todos temos os recursos de que precisamos dentro de nós. Todos temos um corpo.

É uma questão de utilizá-lo da devida maneira na altura própria: Olhos ao alto, feche o punho e diga YES!

Vemos isso todos os dias nas pessoas bem sucedidas.

Não acredite nada sem experimentar. E se tiver receio que estejam a olhar para si e se se perguntar e tiver receio do que os outros podem pensar de si, então recolha-se num lugar que sabe que ninguém o vê, ou a vê, um lugar onde ninguém o ouve, ou a ouve, levante a cabeça, olhos ao alto, feche o punho e diga YES!

Não faça isso muitos vezes pois qualquer dia, se calhar, passa a ter cada vez mais dificuldades em sentir-se mal!…”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *