Os conselhos de Anthony Robbins

1. Durante os próximos dez dias recuse pertinentemente todos os pensamentos, sensações, questões, palavras, ou até mesmo metáforas com uma implicação triste, depressiva ou negativa.

2. Se se surpreender com um desses pensamentos negativos – o que muito possivelmente acontecerá – faça a si mesmo(a) as perguntas matinais e nocturnas, começando com as perguntas para a resolução de problemas.

3. Todas as manhãs, ao acordar, responda às perguntas matinais. Antes de adormecer responda às perguntas nocturnas. Isto tem um efeito miraculoso para o(a) ajudar a sentir-se bem.

4. Durante os próximos dez dias concentre-se exclusivamente e de forma total, na solução e não nos problemas.

5. Se, apesar de tudo, lhe surgirem pensamentos, perguntas, ou sensações de carácter negativo, não se culpabilize. Transforme-os imediatamente. Se, contudo, os pensamentos ou sensações negativas se mantiverem, nada estará perdido: espere até à manhã seguinte para começar de novo o seu período de treino mental de dez dias.

A solução esté sempre nas perguntas

Perguntas para a manhã

1. Sobre que coisas da minha vida já me sinto feliz? E o que é que exactamente elas me fazem sentir feliz? Que sensação me dão?

2. Sobre que aspectos da minha vida estou neste momento entusiasmado(a)? E o que é que precisamente me entusiasma? E o que é que exactamente me excita, motiva, energiza? Que sensação isso me dá?

3. Do que é que estou neste momento orgulhoso(a) na minha vida? E o que é que exactamente me faz estar orgulhoso(a)? E que espécie de sensação isso me dá?

4. De que é que estou agradecido(a)? O que me faz, precisamente, sentir-me agradecido(a), totalmente vivo(a)? E que sensação me dá esta consciência que já possuo?

5. O que me faz vivenciar maior prazer na minha vida neste momento? O que é que me faz exactamente criar esse prazer? E que sensação isso me dá?

6. Em que aspectos ou áreas me sinto neste momento mais implicado(a) na minha vida? O que origina exactamente este envolvimento? Que sensação provoca esta entrega em mim?

7. Do quê e de quem é que eu gosto realmente? Quem gosta de mim? Que sensação me dá isso?

Perguntas nocturnas

1. O que é que eu dei hoje? De que formas fui hoje um doador (uma doadora)?

2. O que aprendi hoje?

3. De que forma contribuiu o meu dia de hoje para a qualidade da minha vida? Como posso empregar o dia de hoje como um investimento no meu futuro?

Perguntas para resolver problemas

1. Qual é o aspecto bom, o que é útil neste problema?

2. O que é que ainda não é perfeito na minha vida?

3. O que estou disposto(a) a fazer para que as coisas se tornem como eu quero que sejam?

4. O que é que eu não quero fazer mais para que tudo se torne como eu desejo?

5. Como me posso divertir com o acontecimento enquanto faço o que deve ser feito, para que tudo se torne como eu quero que seja?

Retirado do livro: Notes from a Friend – A Quick and Simple Guide to Taking Charge of Your Life, Anthony Robbins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *