PNL e Riso

A maneira como as pessoas se levam a sério tem direta influência em como se sentem e naquilo que produzem na vida. Se as suas representações mentais que formam o seu modelo do mundo são positivas, tudo bem, sentem-se felizes e podem contribuir para um mundo melhor. Se essas representações mentais são negativas isso leva a distúrbios psicossomáticos e ambientes que em nada favorecem a dignidade e o crescimento do ser humano.

A boa notícia é que tudo o que acreditamos sobre nós e o mundo são invenções pessoais, resultado de interpretações, transformações, generalizações, omissões de informação. E como as nossas representações são fruto da nossa criatividade, essas representações podem ser modificadas positivamente de modo a tornarmo-nos pessoas melhores e mais felizes.

A forma mais rápida para transformação das nossas representações mentais é através da fisiologia, por exemplo, através do riso. Em termos de PNL poderíamos descrever o processo da seguinte maneira: o riso vai modificar as características do pensamento (imagens, sons, palavras que pronunciamos) e isso vai modificar as sensações corporais que vão por sua vez influenciar os nossos comportamentos. Outro efeito ainda mais profundo é a criação de um estado de distanciamento saudável em relação a nós mesmos, quer dizer, não nos levarmos tão a sério. E isso pode ter um efeito inimaginável aumentando a nossa flexibilidade, criatividade e capacidades inovadoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *